Falha no Caixa Tem: Instabilidade afeta beneficiários do auxílio e Bolsa Família

Por esse motivo, os serviços como: pagamentos de boletos, transferências, e as transações via PIX foram comprometidos.

Por Gilmarah Ramos 24/06/2021 - 11:50 hs
Falha no Caixa Tem: Instabilidade afeta beneficiários do auxílio e Bolsa Família
Reprodução

Usuários do internet Banking e do aplicativo da Caixa Econômica Federal voltaram a reclamar de falhas apresentadas no sistema. Na última segunda-feira (21), os clientes relataram que quando tentavam acessar qualquer um dos canais digitais recebiam a seguinte mensagem: “estabelecendo conexão segura”.


Por esse motivo, os serviços como, pagamento de boletos, transferências, e as transações via PIX foram comprometidos. A gravidade da questão está ainda relacionada ao fato da movimentação do benefício do auxílio emergencial e do Bolsa Família.


A instituição financeira reconheceu o erro e justificou a falha no fornecedor. Além disso, em respostas as menções recebidas no Twitter, o banco orientou aos usuários para que atualizassem o aplicativo e o sistema operacional do aparelho.


Em nota, a Caixa Econômica informou a fonte do problema:

“O aplicativo e o site do Internet Banking apresentaram intermitências nesta segunda-feira (21/06). O banco esclarece que o problema ocorreu devido a um erro de fornecedor e aguarda esclarecimentos por parte da engenharia da empresa. A aplicação de eventuais sanções contratuais está em análise pela CAIXA em decorrência do ocorrido”, diz um trecho do texto.


O que fazer?

Como mencionado, é importante manter os aplicativos da Caixa sempre atualizados, buscando deixá-los sempre em sua última versão.

Por fim, caso a atualização não resolva os problemas de instabilidade, a orientação é aguardar que o banco se manifeste e confirme a existência de algum problema.


Caixa Tem vai liberar empréstimos após o fim do auxílio emergencial

O aplicativo Caixa Tem vai oferecer empréstimos após o pagamento do auxílio emergencial 2021. A novidade foi anunciada pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.


O auxílio emergencial será prorrogado por mais duas ou três parcelas, conforme o avanço da vacinação contra a Covid-19.  Segundo o Ministério da Saúde, a expectativa é que até outubro toda população adulta brasileira já tenha recebido a 2º dose imunizante.

 Já com a previsão do fim dos pagamentos do auxílio emergencial, a Caixa busca estratégias para manter ativo a plataforma Caixa Tem. Por esse motivo, uma das propostas da instituição é implementar microcréditos R$ 100 a R$ 300 entre os serviços do app.


Por se tratar de um micro empréstimo, o presidente da estatal acredita que não haverá grandes complicações em relação a liberação dos créditos, bem como os pagamentos. A proposta está em caráter conclusivo para ser implantado no Caixa Tem.


A intenção de aderir a medida na plataforma, segundo o banco, é ajudar as pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade devido a pandemia da Covid-19. Todo o procedimento, desde a solicitação a liberação do saldo será através do aplicativo.





Fonte: Notícias ConcursosEster Farias