Publicidade

São Bernardo inicia plano de mobilização contra a dengue

Mutirões de combate ao mosquito Aedes aegypti começaram nesta terça-feira (6/2) e se estendem até depois do Carnaval com 1.000 colaboradores das áreas da Saúde, Transporte, Serviços Urbanos, Esporte e Meio Ambiente

Fonte: Vivian Rossi
São Bernardo inicia plano de mobilização contra a dengue Omar Matsumoto/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo iniciou nesta terça-feira (6/2) as mobilizações contra a dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela urbana. Os mutirões, com mais de 1.000 colaboradores das áreas da Saúde, Transporte, Serviços Urbanos, Esporte e Meio Ambiente se estendem até depois do Carnaval, por toda a cidade, com foco em bairros que apresentaram maior incidência epidemiológica e entomológica e áreas de divisas com outros municípios.

O principal objetivo do mutirão é prevenir que possíveis criadouros de mosquitos se multipliquem pela cidade. Para isso os agentes irão colher amostrar de larvas, escoar possíveis possas de águas paradas, tampar caixas d'águas e dar informações aos moradores de como prevenir que o mosquito se reproduza.


"Devido aos índices da doença e a mudança climática, adiantamos a força tarefa no alerta à população. A dengue infelizmente é uma realidade em nossa cidade, alguns casos já foram registrados, por isso precisamos da colaboração de todos. Só assim, venceremos essa batalha contra o mosquito", reforçou o prefeito Orlando Morando, que acompanhou o início das atividades, no bairro do Rudge Ramos.


CASOS CONFIRMADOS


Em São Bernardo, até esta terça-feira (6/2), foram confirmados 81 casos de dengue, sendo que 16 deles são autóctones e 65 importados. "Embora os casos de contração da doença dentro do município ainda sejam poucos, a prevenção ainda é o melhor cenário" enfatizou o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple.


CAPACITAÇÃO


Todas as informações foram alinhadas com os colaboradores das pastas acionadas, em uma capacitação, realizada na última segunda-feira (5/2), no teatro Inezita Barroso, organizada pelas equipes do Centro De Controle De Zoonoses (CCZ) e Vigilância Epidemiológica. Todos os profissionais participantes das ações estão devidamente identificados com crachá e uniforme, para manter a segurança dos moradores ao abrirem suas residências para as vistorias.


TRABALHO CONTÍNUO


São Bernardo trabalha continuamente com programa de combate à dengue, desde 1999. As ações de combate e prevenção à dengue e às demais arboviroses são permanentes e realizadas pelo CCZ durante o ano inteiro. Em 2023, os agentes de Endemias vistoriaram 725.325 imóveis durante. Os bairros com maior incidência de criadouros do mosquito aedes aegypti, foram Taboão, Pauliceia, Alvarenga, Baeta Neves e Assunção. No total, foram coletadas 6.687 larvas, em 2023. Neste ano, até o momento, foram feitas 62.074 visitas.


A Prefeitura disponibiliza os seguintes contatos para (11) 4365-3349, (11) 4367-3306, (11) 4368-8153 para dúvidas e demais informações relacionadas.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha