Em São Bernardo, Operação Toque de Recolher acaba com 15 pancadões e dispersa 3.530 pessoas

Entre sexta-feira e domingo, também foram atendidos 17 chamados de aglomeração e 1.537 motoristas foram orientados em barreiras montadas em locais estratégicos pela GCM

Por Davi Arraz 21/06/2021 - 18:38 hs
Foto: Ricardo Cassin - PMSBC
A Prefeitura de São Bernardo, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM), promoveu neste fim de semana mais uma Operação Toque de Recolher, com objetivo fiscalizar o cumprimento das medidas sanitárias para contenção do avanço da pandemia. Entre sexta-feira e domingo (18 e 20/06), foram 15 pancadões, com 3.530 pessoas no total, dispersados pelos agentes de segurança. Em oito deles foi necessário o uso de munição química e chegada de reforço da GCM. 
 
De forma integrada com demais órgãos de São Bernardo, a Guarda Civil Municipal atendeu 351 chamados de perturbação do sossego, alguns deles envolvendo festas irregulares realizadas em vias públicas da cidade. Na madrugada de sábado, a uma tabacaria localizada na Vila Dusi foi lacrada pela Secretaria de Obras e Planejamento Estratégico por não cumprir o Toque de Recolher. Também foram realizadas 18 autuações em um hotel situado na Chácara Inglesa, onde estava sendo realizada festa clandestina, em desacordo com o decreto municipal. 
 
Durante a operação, houve também a dispersão de aglomeração em eventos irregulares realizados no Rudge Ramos, Parque São Diogo, Santa Terezinha, Parque Espacial, Jardim do Lago, Vila Ferreira, Sítio Bom Jesus, Jardim Irajá, Jardim do Mar, Bairro dos Fincos, Jardim Thelma, Vila Cruzeiro e Ferrazópolis. 
 
“As ocorrências vêm aumentando e, com elas, a fiscalização. A pandemia de coronavírus continua e, infelizmente, as pessoas insistem em se aglomerar e realizar festas e encontros clandestinos. O poder público continua presente, e continuaremos agindo e fiscalizando”, destacou o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando. 
 
REGRAS
 
No fim de semana, a Guarda Civil Municipal abordou 1.537 veículos e promoveu orientação em relação ao Toque de Recolher, que ocorre das 22h às 4h. No período do Toque de Recolher, está autorizada apenas a circulação de pessoas que estejam a caminho de serviços de urgência e emergência, farmácias, hospitais veterinários, bem como trabalhadores da indústria, telecomunicações e segurança. 

 

 

Fonte: Kati Dias